Quem Somos

Home / Cia do Piolho / Quem Somos

Tudo começa em dois bares da "Angélica ?? (que maldade), você sempre me deu bolo ?? (...)". Tudo não, né? A Cia do Piolho, só. rsrs

É mais ou menos ali, quando, primeiro dois, depois três, alunos de um cursim de teatro no Macu, conversam (entre litrões de skol) sobre as experiências trocadas em aula. Logo, ouvem-se frases como: "Cara, teatro é muito foda..." na boca de um, ser concluída na boca do outro: “... é um bagulho de verdade, saka?” e um terceiro ratificar: “Pode crer, no palco é tudo real”. Temos a primeira fagulha de pensamento que dali em diante irá rondar a cabeça dos três “Precisamos trabalhar teatro juntos!”

Mais pra frente, em outra escola, rolam uns subgrupos para as atividades e ai junta-se a primeira formação da Cia, com seis integrantes. As conversas ainda são meio bobas sobre trabalho em grupo, formação de companhia, mas já começam a apontar novos horizontes.

Avenida Paulista, noite agradável, dois levemente embriagados conversam:

“Precisamos fazer uma reunião, só com a galerinha do ‘piôi’.”

“Piôi?!”

“É, lá em João Pessoa, falamos muito isso, sempre que é pra reunir só o pessoal íntimo, sabe? Só o pessoal de casa. Ai chamamos ‘galerinha do piolho’.”

“Gostei”

A Cia do Piolho começa a ganhar forma... ou nome. Primeiro com cabeçalhos inocentes de email “Piolhos, bom dia!”, “Piolhada, seguinte...” e piadas.

“Precisamos de um espaço pra ensaio...”
“Vamos morar nela!”
“O espaço precisa de um nome...”
“Que espaço queremos?”
“Um espaço onde possamos reunir pessoas de arte, sabe?”
“Um espaço que esteja sempre em movimentação...”
“Isso! Que seja livre, independente.”